Se você leu o tópico anterior (Existe Deus?) viu que tem duas possibilidades básicas para crer:

1 - Crer que algo existe por si só sendo, ou eterno, ou aparecendo do nada absoluto sem ter sido criado por ninguém, e de repente gera um universo organizado.

"OU"

2- Crer que Deus existe por si mesmo sendo eterno e criando com inteligência e propósito todas as coisas.

Nesse caso, como e de onde surgiu Deus?

O que Deus diz sobre si mesmo e sobre o sua origem?

Podemos então resumir da seguinte forma:

1) Sua Singularidade, Unicidade

Isaías 43:10 .. antes de mim Deus nenhum se formou, e depois de mim nenhum haverá.

Isaías 45:5 Eu sou o Senhor, e não há outro; fora de mim não há Deus;

Observe a declaração interessante em Is 43 que nem antes, nem depois nenhum outro haverá. Embora para facilitar o nosso entendimento a noção de tempo, antes e depois , seja usada aqui ela serve para inferir a sua unicidade.

2) Sua Essência

Exo 3:13-14 Então disse Moisés a Deus: Eis que quando eu for aos filhos de Israel, e lhes disser: O Deus de vossos pais me enviou a vós; e eles me perguntarem: Qual é o seu nome? Que lhes direi? Respondeu Deus a Moisés: EU SOU O QUE SOU. Disse mais: Assim dirás aos olhos de Israel: EU SOU me enviou a vós.

No diálogo com Moisés Deus se autodefine o "Eu Sou" mostrando que a essência de si mesmo é ser, existir. Essa é portanto a meu ver a forma mais primitiva ou seja primordial, de definir a Deus. Aquele que é, que existe, e que trouxe a existência todas as coisas! A matéria não sabe que existe porque a noção da autoexistencia provém da dimensão espiritual.

Contrário à ficção científica (especulação) de que um dia os computadores altamente complexos terão consciência, digo que isso é impossível porque tal noção não vem da capacidade de processamento nem de sua complexidade, não vem da matéria, mas da dimensão espiritual.

Toda consciência de existir provém de Deus e Ele deu isso ao homem.

3) Sua Estrutura

Isaías 43:10 .. antes de mim Deus nenhum se formou, e depois de mim nenhum haverá.

Isaías 43:10 em Hebraico: אתם עדי נאם-יהוה ועבדי אשר בחרתי למען תדעו ותאמינו לי ותבינו כי-אני הוא לפני לא-נוצר אל ואחרי לא יהיה

Isaías 43:10 em Inglês: Ye are My witnesses, saith the LORD, and My servant whom I have chosen; that ye may know and believe Me, and understand that I am He; before Me there was no God formed, neither shall any be after Me.

De novo em Is 43, é usado a palavra "formar" : Deus nenhum se formou, nem antes nem depois dEle.

Assim somos induzidos a concluir que Deus se formou a si mesmo desde a eternidade, numa dimensão independente do tempo. Coroborado pela afirmação "Eu Sou o que Sou", que mostra a sua independência de qualquer outra causa que não seja a si mesmo.

Deus se constituiu a si mesmo, para criar, comunicar e sustentar cobrindo todos os aspectos da existência.

4) Sua Eternidade

Ap 1:8 Eu sou o Alfa e o Ômega, diz o Senhor Deus, aquele que é, e que era, e que há de vir, o Todo-Poderoso.

Salmos 93:2 O teu trono está firme desde a antiguidade; desde a eternidade tu existes.

Salmos 90:2 Antes que nascessem os montes, ou que tivesses formado a terra e o mundo, sim, de eternidade a eternidade tu és Deus.

Se quisermos usar os conceitos de tempo, início e fim da forma como nós conhecemos teremos dificuldades pois sempre vamos perguntar: "quem ou o que veio antes?" E esse tipo de raciocínio não tem fim. Precisaríamos para compreender esse mistério entender a noção de Eternidade e a Dimensão sem o domínio do tempo, e nossa mente não está preparada para alcançá-la. A verdadeira noção da Eternidade provém de uma Dimensão onde não há o domínio do tempo, portanto as noções de começo, meio e fim não são como nós entendemos.

É nessa dimensão que Deus existe, sem limitação de começo ou fim. Portanto vamos entender a palavra eternidade com algo supratemporal.

5) Sua Dimensão

Deus é Espírito e sua dimensão é superior ao espaço-tempo, assim Deus não é limitado nem pelo tempo, nem sequer pelo espaço:

Jo 4:24 Deus é Espírito,....

2Pe 3:8 Mas vós, amados, não ignoreis uma coisa: que um dia para o Senhor é como mil anos, e mil anos como um dia.

Is 57:15 Porque assim diz o Alto e o Excelso, que habita na eternidade e cujo nome é santo:

Sl 139:7-8 Para onde me irei do teu Espírito, ou para onde fugirei da tua presença? Se subir ao céu, tu aí estás; se fizer no Seol a minha cama, eis que tu ali estás também.

Jr 23:23-24 Sou eu apenas Deus de perto, diz o Senhor, e não também Deus de longe? Esconder-se-ia alguém em esconderijos, de modo que eu não o veja? diz o Senhor. Porventura não encho eu o céu e a terra? diz o Senhor.

A dimensão de Deus é espiritual e independente do espaço-tempo. O tempo e espaço foram criados com o universo, mas não existiam antes e por quê? Ora, como vivemos numa dimensão espaço-tempo não é fácil conceber essa ideia, ou mesmo conceber a ideia de eternidade. Gostamos de imaginar o tempo como uma linha e com um marco no presente, separamos uma eternidade futura e uma eternidade passada. Essa ideia é também inconsistente, pois se o tempo é eterno que referência teríamos no passado para que alguma coisa começasse a existir?

Observe que se a noção do tempo fosse como nós entendemos, a eternidade passada seria um verdadeiro poço sem fundo da existência, por que? Ora, se tivéssemos que esperar uma eternidade para que algo viesse a acontecer, então tal coisa jamais aconteceria.

Nesse conceito, qualquer coisa que não existisse , não poderia jamais passar a existir pois se desde a eternidade não existe não tem base ou causa que a faça existir. Ou melhor, quando começaria a existir qualquer coisa que desde a eternidade não existe? Deus então é sempre existente, a "Causa Primeira" , não causada, pois dEle emana todas as coisas.

 

Conclusão:

Assim, crer num Deus eterno acima do tempo não representa nenhuma dificuldade lógica maior do que crer num universo eterno ou que surgiu sem causa, sem propósito e sem sentido ou que estava lá e se modificou a si mesmo gerando uma sequência de eventos, o universo que conhecemos e a própria vida. Na verdade essa segunda hipótese chega aparecer até ingênua.

Qualquer noção materialista que começarmos a explorar vai trazer dificuldades para nossa lógica, portanto se não expandirmos essa lógica, ficaremos realmente sem respostas.

Se quisermos respostas, devemos também assumir um grande princípio: tudo tem respostas sim! Todavia, para alcançá-las vamos expandir nosso entendimento lógico e materialista, para atingir um patamar mais elevado, que vai além do mundo material, para a dimensão espiritual e da fé.

 

INFORMAÇÔES